Inscreva-se

 

 

Copa do Mundo, Futebol Internacional

E COMEÇOU A PELEJA NA AMÉRICA DO SUL VISANDO RÚSSIA 2018

Escrito em: 15/10/2015 às 16:13   /   por   /   comentários (0)

Depois de duas rodadas da peleja sul-americana que decide os representantes do continente na Copa do Mundo de 2018, temos Uruguai, Equador, Chile e Paraguai nas primeiras posições. O Brasil é quinto e estaria na repescagem, a Argentina vice-campeã mundial, estaria fora da festa do futebol. Mas é claro, ainda tem muita água para correr.

Mesmo nas primeiras rodadas algumas coisas já começaram a ficar claras. Primeiro o Chile, com uma geração recheada de bons jogadores, a melhor que já tiveram, vive o melhor momento de sua história. O Uruguai continua competitiva. Brasil e Argentina, antes soberanos no continente, terão que suar muito para conseguir assegurar suas vagas.

Chile começou de forma arrasadora a competição. FOTO: Getty Images

Chile começou de forma arrasadora a competição. FOTO: Getty Images

A equipe de Dunga ainda mostra inconstância, alguns nomes continuam questionáveis e o discurso de que Neymar não faz falta é uma tentativa frustrada de valorizar os atletas convocados. Perder para o Chile não foi algo surpreendente, já era esperado, pelo menos por este pobre colunista. A vitória contra a Venezuela também não foi surpresa. William mostrou que pode ser muito importante para o time, porém Douglas Costa não foi nem a sombra do jogador que é no Bayern. A grande decepção foi Oscar, preguiçoso e perdido em campo, não conseguiu dar continuidade a nenhuma jogada, Lucas Lima foi muito superior a ele quando jogou.

Vitória contra a Venezuela está longe de ser um sinal de tempos de calmaria na seleção. FOTO: Goal

Vitória contra a Venezuela está longe de ser um sinal de tempos de calmaria na seleção. FOTO: Goal

Ainda falta ao Brasil um jogador para ser o procurado falso nove de Dunga, já foram testados, Tardelli, Firmino, Hulk e agora Ricardo Oliveira. Na defesa, Jefferson parece ter perdido seu espaço, Marcelo Grohe deve ficar com a vaga, Alisson também é um bom nome.

A Argentina é pior, depois de uma derrota surpreendente para o Equador, em casa, só conseguiu um empate com a mediana equipe do Paraguai. Até aqui os Hermanos não marcaram nenhum gol, mesmo contando com atletas badalados como Tevez, Aguero, Di Maria, Higuain… A defesa tem falhas grotescas, como na derrota para o Equador. O ataque não produz com tanta qualidade e o time demonstra uma incrível Messidependencia.

Equador vence Argentina em Buenos Aires na maior zebra até agora. FOTO: AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

Equador vence Argentina em Buenos Aires na maior zebra até agora. FOTO: AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

A Colômbia, outra grande candidata, também patina neste início de competição. Mesmo com atletas de qualidade como Quadrado, Falcão Garcia e Carlos Bacca, sofreu demais contra o Uruguai e perdeu por 3 a 0. A equipe demostrou sentir muita falta de James Rodrigues.

Assim, as duas rodadas da eliminatória sul-americanas confirma o bom momento do futebol Chileno. Acende o sinal de alerta em Brasil, Colômbia e principalmente Argentina. Mostra um Uruguai forte. E credencia surpresas se as grandes favoritas não jogarem no limite. No futebol, de fato, não existe mais espaço para bobos, os sacos de pancadas já não são tão fracos assim. Sem dúvida, estas eliminatórias têm tudo para ser a mais competitiva de todos os tempos.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website