Inscreva-se

 

 

+ Esportes

MAN VS. HORSE | ONDE HOMEM E CAVALO MEDEM FORÇAS

Escrito em: 20/06/2017 às 13:01   /   por   /   comentários (0)

A Maratona Man vs Horse é uma corrida anual de 22 milhas (35 km) realizada no País de Gales, onde homens competem contra cavalos montados por jóqueis. Isso mesmo. Achou que já tinha visto de tudo né? Pois é, isso existe. Inclusive falamos dela no StartCast #4 e no StartCast #5. Dado o fator curiosidade, resolvemos nos aprofundar um pouco nessa boa história.

A bizarra competição galesa acontece anualmente desde 1980 e surgiu de uma discussão de pub (ah, não me diga!). No bar Neuadd Arms, Gordon Green ouviu uma discussão entre dois homens, onde um sugeriu que, ao longo de uma distância significativa, o homem era igual a qualquer cavalo. Green, senhorio local e dono do pub, decidiu que o desafio era uma ideia passível de teste. E colocou em prática.

ManvsHorse

Disputada numa distância menor que a da maratona e em terrenos acidentados, em Llanwrtyd Wells, recebeu ajustes ao longo do tempo para deixá-la mais “competitiva”. Hoje em dia são dados 15 minutos de dianteira para aos participantes humanos e os cavalos precisam parar no meio da prova para que os veterinários verifiquem se está tudo bem com os animais. Em todas esses anos, apenas dois humanos venceram os cavalos. Até 2004 os cavalos pareciam invencíveis, no entanto, nesse mesmo ano, Huw Lobb ganhou a corrida e levou consigo o prêmio de quase três mil euros (a premiação em caso de vitória humana tem o valor acumulado ano após ano, sempre que um cavalo ganha. Lobb terminou a prova em 2h 05 minutos e 19 segundos, sob forte calor, superando o cavalo Kay Bee Jay por pouco mais de 2 minutos.

Huw Lobb

Huw Lobb comemora a vitória histórica. FOTO: Huw Evans Agency

Dois anos depois, o feito foi igualado por Florian Holzinger, que com o tempo de 2h 20 minutos e 30 segundos superou a égua Lucy, que chegou quase 11 minutos depois do corredor.

E se você pensa que as mulheres ficaram de fora, se enganou. Já em 1981, Ann king foi a primeira mulher a participar da prova. Na verdade até ciclistas já participaram da prova. A primeira vez foi em 85 e, já em 89, Tim Gould superou um cavalo em 3 minutos, mas o resultado não entrou para as estatísticas, pelo fato do atleta não estar correndo a pé.

E se pensa que as coisas correm na paz sempre, enganou-se também. Lembra da regra de parada dos cavalos? Em 2009, o tempo que os cavalos perdiam (que sequer era cronometrado direito) foi deduzido do tempo final dos animais. Com isso, Dukes Touch of Fun venceu a prova, ao invés de ser derrotado, como aconteceria caso a dedução não fosse feita. Martin Cox, o primeiro humano e virtual vencedor, se recusou a receber o troféu em protesto pela decisão. Por causa das inúmeras reclamações que o caso trouxe, a dedução parou de ser feita já na edição seguinte. Outra reclamação foi quanto ao percurso das edições de 2014 e 2015, que foi de 24 milhas. Não demorou e foi encurtado novamente.

Essa está entre as provas mais curiosas do mundo, sem duvida. Vale o registro, pois se parece loucura para alguns, propicia cenas minimamente curiosas. Sendo assim, se você tiver uma ideia estapafúrdia um dia, pode tentar colocar em pratica. Vai que mais gente gosta, né?

ManvsHorse

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website