Inscreva-se

 

 

Fórmula 1

JAPÃO 2000 | O FIM DA FILA DE 21 ANOS

Escrito em: 06/10/2018 às 21:59   /   por   /   comentários (0)

Ficar muito tempo sem conquistar um título é algo ruim para qualquer time (tem gente que está a quase 50 anos sem conquistar um Campeonato Brasileiro). Agora imagina isto para a equipe que está na Fórmula 1 desde a sua primeira temporada e que tem disparadamente a maior torcida deste esporte?

O artigo de hoje relembrará o GP do Japão de 2000, que marcou o fim da “fila” de 21 anos da Ferrari em conquistas do Mundial de Pilotos na Fórmula 1. E, de quebra iniciaria a grande era de domínio da dupla Schumacher/Ferrari, que levaria a conquista de 5 títulos consecutivos tanto do piloto quanto do time italiano.

Naquela tarde nublada de 8 de outubro de 2000, com pista seca, Hakkinen levou a melhor sobre Schumacher na largada, enquanto o outro representante da família, Ralf, passava Button e Barrichello para ficar em quarto, atrás de Coulthard. Hakkinen e Schumacher foram se afastando do resto do pelotão, mas sem uma distância suficiente entre eles para que o finlandês pudesse escapar das táticas de reabastecimento, que em muitos casos, favoreciam a Ferrari.

Largada do GP do Japão de 2000.

Largada do GP do Japão de 2000. FOTO: P H Cahrier

Na volta 15, Hakkinen estava dois segundos à frente do alemão e ambos estavam dez segundos à frente de Ralf Schumacher. Jarno Trulli era o primeiro dos da frente a parar. Ralf Schumacher. Jacques Villeneuve e Heinz-Harald Frentzen foram aos boxes quatro voltas depois, enquanto que Barrichello e Button pararam na volta seguinte. Na volta 21, Hakkinen fez o seu primeiro reabastecimento, com Schumacher na liderança, até sua parada na volta 22. Coulthard liderou até à volta 24, quando Hakkinen voltou à ponta.

Mika Hakkinen liderou boa parte da corrida, mas, ao final perdeu a corrida e o campeonato.

Mika Hakkinen liderou boa parte da corrida, mas, ao final perdeu a corrida e o campeonato. FOTO: P H Cahrier

Na volta 28, começaram a cair alguns pingos de chuva na pista, que ficou um pouco escorregadia. Hakkinen começou a ficar mais lento, graças também a um pouco de tráfego. Schumacher reduziu a diferença para 0,7 segundos na volta 31, mas perdeu tempo com um leve contato com o BAR de Ricardo Zonta.

Na volta 37 Hakkinen foi aos boxes, enquanto Schumacher aumentou o ritmo, pensando em ficar na frente do finlandês quando fosse sua vez de ir às boxes. E na volta 40 isso aconteceu. Quando voltou à pista, estava 4,1 segundos à frente do piloto da McLaren. Daí pra frente, Schumi partiu pra vitória.

Michael Schumacher vence GP do Japão de 2000.

Michael Schumacher vence GP do Japão de 2000. FOTO: maxf1.net

No final, o fim do jejum! Lá se iam embora os 21 anos sem vitórias no campeonato de Construtores. Michael Schumacher venceu a corrida, seguido por Mika Hakkinen e David Coulthard. Além deles, também pontuaram Rubens Barrichello, da Ferrari, Jenson Button, da Williams, e Jacques Villeneuve, da BAR-Honda.

No vídeo a seguir a última volta e a comemoração de Schumacher ainda a bordo da sua Ferrari.

Parece que foi ontem, mas já faz muio tempo né? Outros títulos vieram para a Ferrari e o GP do Japão segue firme com uma das provas mais tradicionais da Fórmula 1. Aproveite e veja um pouco da sua história.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website