Inscreva-se

 

 

+ Esportes, Esportes Americanos

E PITTSBURGH COMEMOROU DE NOVO NA NHL

Escrito em: 26/06/2017 às 19:18   /   por   /   comentários (0)

Os Penguins ganharam a Stanley Cup da temporada 15/16. Mas a franquia não se deu por satisfeita e ganhou novamente a competição mais importante do Hóquei mundial.

Apesar de dispensarem o jogo 7 na série final contra o Nashville Predators, não houve facilidade alguma no duelo. Os times ganharam todos os confrontos dentro de seus domínios. Desta forma, o time de Pittsburgh abriu 2×0, mas viu os Predators empatarem a série em 2×2. Quando o circo da NHL voltou à Pensilvânia, os Penguins fizeram o dever de casa e ficaram a uma vitória da glória.

Os Penguins eram os favoritos ao título, justamente por estarem em condição de defende-lo. A franquia de Nashville foi o classificado aos playoffs de pior campanha na temporada regular, mas foi crescendo demais conforme deixava adversários para trás nos confrontos eliminatórios, inclusive resolvendo sua final de conferência sem necessidade de sete jogos, ao contrário de Pittsburgh, que fez sete batalhas contra os Senators.

Esse conjunto de fatores, juntamente com o andamento da série final, deixavam no ar que os Predators fariam valer da pressão de sua torcida, que fez três grandes espetáculos em sua estreia na Stanley Cup, levando a decisão mesmo para a sétima batalha dessa guerra. Mas, como o esperado não é exatamente o que reserva o destino quando se trata de Hóquei, os Penguins ganharam o jogo seis em plena Bridgestone Arena, na cidade de Nashville e comemoraram o título.

ogadores do Penguins comemoram a vitória no jogo seis

Jogadores do Penguins comemoram a vitória no jogo seis. FOTO: Bruce Bennett/Getty Images

A comemoração dos Penguins foi maior porque o jogo final não foi fácil. A tensão reinou sobre a pista o jogo todo, com os campeões abrindo o placar apenas a dois minutos do final da contenda. Patric Hornqvist fez o gol que encaminhava a conquista e ligava o modo desespero para os donos da casa. Na ânsia por empatar o jogo e ter sobrevida na busca do título, Nashville foi muito ao ataque, fatalmente sofrendo o segundo gol de Carl Hagelin.

O time de Pittsburgh foi comandado pelo craque Sidney Crosby, que pelo segundo ano consecutivo fatura o prêmio Conn Smythe, concedido ao MVP da pós-temporada. O canadense se destaca ano a ano nos Penguins, franquia de sempre defendeu na NHL, além de comandar as recentes conquistas do time nacional do Canadá, com dois ouros olímpicos (2010/Vancouver e 2014/Sochi) e um campeonato mundial (2015/Chéquia).

O último bicampeão da NHL foi o Detroit Red Wings nas temporadas 97/98. Portanto, há quase vinte anos não se via feito como o conquistado pelos Penguins nesta temporada. Outro motivo para a grande comemoração que tomou conta da cidade de Pittsburgh, já que nos outros esportes, a cidade não tem visto grandes resultados.

A comemoração vai durar até o início da próxima temporada, na qual os Penguins vão entrar como favoritos, naturalmente. O time continuará forte na busca de um tricampeonato a partir de outubro.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website