Inscreva-se

 

 

Fórmula 1

CHINA 2006 | A ÚLTIMA VITÓRIA DE SCHUMACHER

Escrito em: 13/04/2018 às 22:31   /   por   /   comentários (0)

A primeira vez sempre é inesquecível, mas a última vez também deve ser lembrada, principalmente quando é alcançada por quem já tem muita história pra contar.

Hoje lembraremos o GP da China de 2006, marcado por ter sido a corrida em que o heptacampeão Michael Schumacher alcançou sua última vitória, numa vitoriosa carreira na Fórmula 1.

Naquela tarde de 1º de outubro de 2006 teve pista molhada na largada em Shanghai. Logo na largada, Raikkonen partiu pra cima e ultrapassou Button. Schumacher, após se dedicar a preservar a sexta posição por um bom tempo resolver escalar o grid. Deixou Barrichello para trás e, assim como Kimi, resolveu movimentar o primeiro pelotão.

Aliás, Kimi estava muito bem e colocou sua McLaren entre as duas Renault. Fisichella vinha tendo trabalho e, de repente, já tinha Schumacher na sua cola, pois o alemão não demorou a ultrapassar Button. Voltamos para Raikkonen, para ressaltar seu fim de prova. Uma corrida promissora que não durou mais do que a 18ª volta, devido a problemas no acelerador.

Largada do GP da China de 2006 da Fórmula 1.

Largada do GP da China de 2006 da Fórmula 1. Foto: Divulgação F1

Com essa saída precoce da McLaren, o pódio ficou por conta da disputa entre as Renaults e a Ferrari de Schumacher. Enquanto Fisichella e Alonso disputavam a ponta e o alemão vinha no encalço.

Era muita água na pista e os pneus cada vez mais desgastados. Vieram as escapadas. Duas vezes só de Robert Kubica. “Alonso também experimentou essa viagem. Era o momento do pit stop. No entanto, uma falha na troca de pneus atrasou a saída do espanhol dos boxes. Ele, que já havia sido ultrapassado por Fisichella e Schumacher, praticamente dava adeus à chance de vitória”, trecho retirado do site Locomotiva Esportiva.

A vitória ficou para a disputa entre Fisico e Schumi. O triunfo de Schumacher também veio após um pit stop de Fisichella. Apesar da Renault ter feito um trabalho mais rápido que o da Ferrari (6.6s contra 6.9s), os pneus frios do carro do italiano deixaram a desejar após a saída para a pista. Schumacher, já com os pneus em boa performance, não deu chances para Fisichella, que ainda perdeu a segunda posição para Alonso.

Schumacher só esperou o momento adequado para assumir a liderança na corrida.

Schumacher só esperou o momento adequado para assumir a liderança na corrida. Foto: Divulgação F1

O último grande momento da prova veio na última volta. Entre o 4° e o 8°, Button, Pedro de la Rosa, Barrichello, Nick Heidfeld e Mark Webber, fizeram uma curva feita juntos, com direito ao retardatário Sakon Yamamoto, da Super Aguri. No fim, se mantiveram nessas posições

Lá na frente Schumacher seguiu firme na ponta até 91ª e última. Venceu sem maiores sustos e embolou a disputa com Alonso pelo campeonato. O final da história a gente já sabe: deu Alonso. Mas sempre é bom lembrar os tempos de um dos maiores, senão o maior piloto de todos os tempos.

Para terminar, o vídeo com os últimos momentos desta corrida e o pódio da mesma podem ser vistos no vídeo a seguir (a bandeirada ocorre no momento 2min24s).

Esse foi mais um GP da China de Fórmula 1 que ficou para a história. Para saber mais sobre essa etapa, ver o circuito e suas estatísticas, clique aqui.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website