Inscreva-se

 

 

Copa do Mundo, Futebol Internacional

ÁLBUM DE COPA

Escrito em: 16/03/2018 às 0:20   /   por   /   comentários (0)

EEEEEEEEESSSTÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ VALENDO! Está chegando às bancas o álbum da Copovska 2018! Combinando com os russos e tudo o mais! É momento de empenhar tempo e dinheiro colando figurinhas, abrindo pacotinhos, colocando figurinhas em ordem, trocar figurinha com quem nunca viu antes. A cultura da figurinha é espetacular!

Antigamente, tinha mais álbuns a serem completos, havia mais tempo e as figurinhas eram mais acessíveis (Dois barão em cinco figurinhas, Panini? Tá de brincadeira comigo!). Tinha álbum para figurinha que vinha em chiclete, álbum que dava brinde se completasse uma página ou o volume todo, álbum de futebol, de Dragon Ball Z, de Cavaleiros do Zodíaco… No período da infância, este que vos escreve juntou bastante figurinha, o que manteve o hábito de fazer pelo menos o álbum de Copa a cada quatro anos. Inclusive, se quiser trocar umas figurinhas, tamo aí…

Para comemorar uma das nuances que fazem da Copa do Mundo algo tão especial, o blog teve acesso a três álbuns comemorativos lançados às vésperas da copa de 1974, a copa que a Holanda não ganhou. Naquela longínqua ansiedade por mais um mundial, o Brasil acabara de se consagrar tri mundial, no México, quatro anos antes. Ainda não sabíamos que demoraria ainda vinte anos para vir mais título mundial, mas o feito da canarinho em terras mexicanas assombrou o mundo naquela oportunidade.

Quando do início da Copa de 74, o Brasil ganhara três das últimas quatro copas disputadas, estava com a Jules Rimet sob sua posse definitiva (nem tão definitiva assim, né…) e apesar de não ter mais Pelé em seu quadro, mantinha uma base do time de 70 chegava com moral na Alemanha. Moral em alta até encontrar a Holanda, claro.

Diante deste cenário, a EDIÇÕES SETE CORES LTDA lançou quatro álbuns comemorativos para o mundial de 74, com os três times campeões até então e o time que nos representaria em terras germânicas. O Blog obteve os três álbuns dos times campeões, num trabalho árduo de pesquisa e investigação, com base em total ACASO. Um conhecido tinha essas relíquias guardadas, ia JOGAR FORA, quando veio perguntar à namorada do redator se ele tinha interesse em ficar com os exemplares. Oras, claro que ele quer!

E como a equipe do blog é muito gente boa, vamos a pinceladas dos referidos álbuns.

Os atletas de três títulos mundiais do Brasil em figurinhas.

Os atletas de três títulos mundiais do Brasil em figurinhas. Foto: Fran Pereira

Naquela época, figurinhas não eram autoadesivas, portanto, o fã de futebol tinha que ir no estabelecimento comprar o álbum, as figurinhas e comprar um tubo de CASCOLAR, que colava figurinha e página inteira do álbum, empenava a página, pesava demais o álbum e arrancava a folha central do volume, etc. Dramas da vida real. Quando o dono original dessas relíquias que hoje estão sob a responsabilidade do blog os adquiriu, não colou as figurinhas no álbum, o que preservou bem os álbuns que estão com as páginas inteiras, lisinhas, bem presas, embora debilitadas pela ação do tempo. As figurinhas continuarão descoladas, mas não se separarão de seu destino manifesto.

Os álbuns contavam um breve relato da campanha do título, um relato da participação de cada jogador que ganhou uma figurinha no álbum e outros detalhes. Tudo muito legal.

A velha guarda dos álbuns de figurinhas.

A velha guarda dos álbuns de figurinhas. FOTO: Fran Pereira

Com figuras lendárias como: Gilmar dos Santos Neves, Belini, Zito, Nilton Santos, Garrincha, Pelé, Zagalo, Djalma Santos, Pepe, Amarildo, Didi, Mauro Ramos de Oliveira, Carlos Alberto Torres, Fontana, Piazza, Gérson, Jairzinho, Rivelino e Tostão, serão apresentadas fotos das páginas dos álbuns, para que fique para a eternidade toda essa delícia.

Está chegando a Copa do Mundo e nossa vida vai ficar por conta do futebol durante um mês. O hábito de fazer um álbum de figurinhas dos jogadores que escreverão a história do certame, não começou na copa passada, já vem de longe e o Blog Start Sports apoia este movimento. Monte seu álbum, complete os placares, guarde para sempre e faça questão de mostra-lo ao seu filho e a seu neto, para garantir fãs de futebol no futuro.

FOTO: Fran Pereira

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website