Inscreva-se

 

 

+ Esportes, Jogos Olímpicos

A ORIGEM DAS OLIMPÍADAS DE INVERNO

Escrito em: 22/02/2018 às 16:44   /   por   /   comentários (0)

pesquisa e redação: Gabi Faria

O século XX enfim brindou os amantes do esporte com as Olimpíadas de Inverno. Diferente das Olimpíadas de Verão – que tiveram sua primeira edição oficial da chamada “Era Moderna” em 1896 – apenas em 1921, durante a sétima sessão do Congresso Olímpico Internacional (COI), se viu a necessidade de patrocinar uma competição que incluísse também atletas de países gelados.

O embrião: os Jogos Nórdicos

Entretanto, não foi fácil convencer os futuros participantes. Os representantes da Dinamarca, Noruega, Finlândia, Islândia e, principalmente, a Suécia, que organizavam a sua própria competição, os Jogos Nórdicos, temeram a perda de espaço e popularidade para a nova competição. As edições aconteciam com diferentes períodos de intervalo entre os anos de 1901 a 1926. Um de seus organizadores era o sueco Viktor Balck, um dos cinco membros originais do Comité Olímpico Internacional. Amigo pessoal de Pierre de Coubertain, Balck tentou por anos colocar os esportes de inverno nos jogos de verão, sem sucesso. Até que em 1908, uma competição de patinação foi inserida no programa dos jogos de Londres. Foi o primeiro passo.

Após debates sobre a elevação dos esportes de inverno ao mesmo nível de atenção que os esportes de verão, o Comitê Nacional Olímpico Francês, em parceria com o Comitê Olímpico Internacional (COI) entendeu que deveria haver, ao menos, a “Semana Internacional de Desportos de Inverno”, como parte da celebração dos Jogos da VII Olimpíada de Verão, em 1924, na cidade de Paris. Essa semana de esportes de inverno era uma ideia antiga. Vetada nos jogos de Estocolmo (1912) e não realizada em 1916 em virtude da I Guerra Mundial, a ideia voltou a ser aventada em 1920, na Antuérpia, mas se restringiu às exibições de patinação e hóquei no gelo. Mas em 1924, seria para valer!

Chamonix 1924

Nos anos seguintes, o COI reuniu-se para estabelecer oficialmente Chamonix como município anfitrião para a Semana Internacional de Desportos de Inverno e aprovar eventos das seis modalidades listadas: o esqui, o hóquei, o curling, o biatlo, a patinação de velocidade e a patinação artística. Além disso, O Comitê Nacional Olímpico Francês ajudou a financiar as novas instalações em Chamonix para hospedar a competição. O que mais tarde viria a ser chamado de “os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno” tiveram duração de 12 dias – de 25 de janeiro até 5 de fevereiro de 1924 – e cerca de 10 mil pessoas acompanharam toda a disputa.

Foram 258 atletas (11 mulheres e 247 homens) de 16 nações – todas europeias, exceto Canadá e EUA – disputando as modalidades. O primeiro evento do programa foi a prova de 500m de patinação de velocidade, ganha por Charles Jewtraw, dos EUA, que tornou-se o primeiro campeão Olímpico de Inverno.

Charles Jewtraw o primeiro campeão olímpico de inverno.

Charles Jewtraw o primeiro campeão olímpico de inverno. FOTO: George Rinhart/Corbis via Getty Images

Os grandes destaques da competição foram o patinador de velocidade Clas Thunberg, da Finlândia, o esquiador Thorleif Haug, da Noruega, e o time de hóquei do Canadá. Clas e Haug ganharam três medalhas de ouro cada. O norueguês ainda ganhou um bronze no concurso de salto de esqui. O curioso neste caso é que 50 anos mais tarde descobriu-se que a contagem estava errada e a medalha de bronze foi para Anders Haugen, dos EUA, que a recebeu numa cerimónia especial, com 83 anos de idade. Já o time de hóquei canadense conquistou o ouro marcando 122 gols e sofrendo apenas 3, em 6 jogos.

Canadá massacra os EUA no torneio de hóquei.

Canadá massacra os EUA no torneio de hóquei. FOTO: Topical Press Agency/Getty Images

No encerramento dos jogos, com cinco dias de exceção ao período combinado, o presidente do COI, Pierre de Coubertin, elogiou-os, ressaltando sua boa organização. “O recente sucesso sem precedentes desses Jogos nos dá esperança. Os esportes de inverno têm sobre eles uma certa pureza, e é por isso que eu estava inclinado a apoiá-los e nutrí-los neste ambiente olímpico”. Um ano mais tarde, em maio de 1925, o COI nomeou oficialmente os eventos em Chamonix como “Os Primeiros Jogos Olímpicos de Inverno”, iniciando uma série que se estende de quatro em quatro anos desde então.

Com o tempo as coisas só foram ganhando maior proporção. Dos 16 países presentes na primeira edição, em PyeongChang já foram 92 países, com o maior número de atletas que já competiram nas Olimpíadas de Inverno com 2.925 atletas. Um evento realmente mundial e grandioso. Que teve uma origem modesta, mas bastante charmosa.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Comentário
Nome E-mail Website